domingo, 30 de agosto de 2009

A Filha da Floresta, Juliet Marillier

Sinopse: Passada no crepúsculo celta da velha Irlanda, quando o mito era Lei e a magia uma força da Natureza, esta é a história de Sorcha, a sétima filha de um sétimo filho, o soturno Lorde Colum, e dos seus seis amados irmãos. O domínio de Sevenwaters é um lugar remoto, estranho, guardado e preservado por homens silenciosos e Criaturas Encantadas que deslizam pelos bosques vestidos de cinzento e mantêm armas afiadas. Os invasores de fora da floresta, os salteadores do outro lado do mar, os Bretões e os Viquingues, estão todos decididos a destruir o idílico paraíso. Mas o mais urgente para os guardiões é destruir o traidor que se introduziu dentro do domínio: Lady Oonagh, uma feiticeira, bela como o dia, mas com um coração negro como a noite. Oonagh conquista Lorde Colum com os seus sedutores estratagemas,; mas não consegue encantar a prudente Sorcha. Frustrada por não conseguir destruir a família, Oonagh aprisiona os irmãos num feitiço que só Sorcha pode quebrar. Se falhar, continuarão encantados e morrerão! Então os salteadores chegam e Sorcha é capturada, quando está apenas a meio da sua tarefa... Em breve vai ver-se dividida entre o seu dever, que lhe impõe que quebre o encantamento, e um amor cada vez mais forte, proibido, pelo senhor da guerra que a capturou.

A minha opinião: É me um pouco difícil descrever um livro que gostei tanto. Da escritora, tinha lido as Danças na Floresta e O Segredo de Cibele, e gostei, mas este simplesmente maravilhou-me.

A Filha na Floresta apresenta-nos personagens muito diversificadas, o que é uma mais-valia. No entanto, Sorcha é simplesmente fantástica. Os leitores, que acompanham a sua adolescência, sentem com ela todo o sofrimento, os seus dilemas, a sua tristeza para completar a tarefa. Como a história é contada na primeira pessoa, Juliet consegue que o leitor se ponha na pele da personagem, sofra, chore com ela e tenha os seus dilemas. Senti um turbilhão de emoções enquanto o lia, e isso só me acontece quando um livro realmente mexe comigo. Penso que aqueles que o leram também não se sentirão indiferentes a ela.

Juliet Marillier escreve essencialmente fantasia, mas mesmo assim, sinto que escreve livros em que cada vez que os lemos podemos retirar um pensamento, uma lição diferente. Este livro não foge à regra, com uma grande profundidade, podemos também retirar montes de coisas dele.

De referir que é incrível como Marillier consegue juntar todos os pormenores da história, dando à história tanta riqueza, em que todos os pormenores contam e que produzem um excelente final.
Este livro é simplesmente fabuloso. A história é lindíssima e prende sem dúvida o leitor. Um livro forte, profundo, maravilhoso. A par de Mulherzinhas, um dos livros que me marcou este ano. Não posso deixar de aconselhar.

Classificação: 10/10 (eu sei, eu sei que já é o segundo, mas eu sou assim...)

9 comentários:

Canochinha disse...

Sevenwaters marcou-me imenso. Este livro é maravilhoso, mas o seguinte é o meu preferido da trilogia :)

La Sorcière disse...

Tenho muita vontade de ler livros dessa autora, porque só encontro comentários favoráveis sobre ela!
Adoro histórias de fantasia!
Bj

Jacqueline' disse...

Canochinha, de facto esta triologia é muito boa. Já li o segundo e gostei bastante, no entanto prefiro o primeiro :)

La Sorcière, lê, se gostas de histórias de fantasia, não tenho dúvidas de que gostarás desta escritora!

Laelany disse...

A trilogia Sevewaters é inesquecível. Gostei tanto que nem tenho palavras para descrever!

Aconselho a toda a gente a leitura destes livros.

Diana disse...

Também nunca li nada da Juliet Marillier, mas esta semana já vou comprar o Filha da Floresta para ler, porque estou super curiosa, já que só vejo comentários óptimos em relação a ela!

Jacqueline' disse...

Laelany, partilho a mesma opinião :)

Diana, tenho a certeza que vais gostar. Fico à espera da tua opinião ;)

Sara Inês disse...

Eu quero tanto experimentar este livro... Mas o dinheiro não chega para tudo =D Tenho de me ficar com a vossa opinião!!!!

**

Jacqueline' disse...

Sara, sempre podes pedir na biblioteca ou mesmo comprar :) Vale mesmo a pena...

Anónimo disse...

Adorei a trilogia, mas o meu preferido é o segundo.
Excelente escritora (a minha preferida!)
Aconselho a quem gosta de histórias dee fantasia :D