quarta-feira, 25 de novembro de 2009

O Herdeiro de Sevewaters, de Juliet Marillier

Sinopse: Os chefes dos clãs de Sevenwaters têm sido guardiães de uma vasta e misteriosa floresta, um dos últimos refúgios das Criaturas Encantadas da história antiga. Humanos e habitantes do Outro Mundo coexistem, separados por um fino véu entre os dois mundos e uma confiança degradada. Tudo se altera na Primavera em que Aisling de Sevenwaters descobre que espera outro filho. Ao nascer um rapaz - herdeiro de Sevenwaters -, a sua irmã Clodagh toma a responsabilidade pelo bem-estar da criança, enquanto a mãe recupera. A alegria da família transforma-se em desespero quando o bebé é levado do seu quarto e substituído por uma estranha criatura. Clodagh verá a sua coragem testada ao limite e a recompensa será muito maior do que alguma vez imaginara...

A minha opinião: Neste 4º livro, Juliet apresenta-nos Sevenwaters três anos depois da história d'A Filha da Profecia. Desta vez, vemos os acontecimentos a partir de Clodagh, uma das filhas de Sean. Tenho a dizer que não gostei muito desta personagem. Não queria entrar em comparações com os anteriores livros, mas identifiquei-me mais com Sorcha, Liadan e Fainne. Com esta, não houve qualquer afinidade, digamos. Talvez, porque queria que Sibeal fosse a principal ou porque queria um novo poder a contar-nos a história (Clodagh apenas possui a capacidade de falar com a sua irmã gémea à distância, como acontecia com Liadan), ou porque queria uma personagem mais forte... Além disso, estava à espera de uma história muito emocional e com luta interior, como nos livros anteriores. Este livro apenas me prendeu emocionalmente em algumas ocasiões.

Fora disso, achei que foi um livro interessante. As personagens antigas foram bem desenvolvidas, pois gostei bastante dos rumos das mesmas. A história em si também despoletou o meu interesse. Um dos factos que me prendeu foi sem dúvida, o podermos conhecer melhor o Outro Reino e as personagens que o constituem. Sinto que foi precisamente esse o aspecto que se destacou neste livro.

Por fim tenho a dizer, que adorei reviver o clima de Sevenwaters, contactar com personagens já bem conhecidas... Apesar de não ser de todo o meu preferido, foi um prazer voltar a entrar neste mundo fantástico de Juliet Marillier.

Classificação: 8/10 - Muito Bom

[Para aqueles que leram: Parece-me que este livro tem várias parecenças com O Filho das Sombras. Notaram isso enquanto o liam?]

6 comentários:

Laelany disse...

Eu acabei por gostar da Clodagh precisamente por ela não ter poder nenhum em especial e mesmo assim ter coragem de se meter sozinha naquela viagem. Ela tinha um coração enorme. Depois lá encontra o Cathal, mas ela teria continuado sozinha.

Também notei semelhanças com O Filho das Sombras :D

Alice disse...

Curioso...publicámos a nossa opinião sobre este livro quase ao mesmo tempo e eu também não me senti nada ligada à Clodagh. Embora tenha gostado muito do Becan que nem sequer fala...
O que mais gostei, além de voltar a sentir Sevenwaters, foi de ficar a conhecer melhor o Outro Mundo e os seus habitantes.
Bj

La Sorcière disse...

Está série parece ser m´gica:)
Bjs

t i a g o disse...

Tens tu de experimentar ler Murakami, e tenho eu de ler esta sequela da minha trilogia preferida de sempre. :) Sevenwaters é belíssima...

Jacqueline' disse...

Laelany, interessante o teu ponto de vista. É inevitável reconhecer que a característica de Clodagh era mesmo essa, o seu enorme coração.

Alice, concordo plenamente.

La Sorcière, é de facto mágica. Se és fã de fantasia, ou se queres experimentar este género, é uma excelente escolha.

Tiago, esse escritor já me chama a atenção há muito tempo. Espero lê-lo brevemente e poder ver a tua opinião sobre este livro :)

Vitor Melo disse...

Ola! Eu sou o Vítor Melo de Chaves.
Descobri o seu blog há pouco tempo e gostei muito: primeiro pelo tema do blog e pelos posts que tem colocado, que para mim são de grande interesse.

Eu também tenho um blog, onde partilho leituras para todas as idades, entre outras coisas que gosto. Deixo aqui o endereço: http://abrincarseaprende.blogs.sapo.pt/

Gostaria de a conhecer um pouco melhor, partilhar ideias de leituras e outras coisas...

Deixo aqui o meu e-mail: tice.vitormelo@gmail.com

Cumprimentos, Vítor Melo