segunda-feira, 28 de setembro de 2009

O Remédio, de Michelle Lovric

Sinopse: Numa noite inesquecível de 1785, a alquimia do amor e do crime, funde as vidas de uma actriz de Veneza e do rei do crime londrino.

Numa noite inesquecível de 1785, num famoso teatro londrino, a alquimia do amor e da morte funde subitamente as vidas de uma actriz veneziana e de um aristocrata inglês. Mas nenhum deles é quem aparenta ser. Ela é uma espia ao serviço de Veneza, ele, o maior charlatão de Londres. Segredos perigosos e mentiras elaboradas cedo empurram os dois amantes em direcções opostas, desesperados em saber a verdade um sobre o outro, mas também sobre si próprios. É um tempo de remédios fabulosos - excremento de pavão e pó de ouro são considerados tão eficazes quanto serpentes esmagadas - e os amantes procuram um bálsamo para aplacar todas as doenças, todas as feridas do amor. A sua busca leva-os das ruelas mais obscuras de Londres à enigmática Veneza. Uma dança entre teatros e bordéis, boticários e conventos, onde o par pode ser um fidalgo, um espião ou um assassino.

A minha opinião: A história ora acompanha o lado da vida da actriz, ora a do contrabandista. Esse aspecto tornava a narrativa muito interessante, pois permitia, além de compreendermos melhor as duas personagens, irmos sabendo os segredos de cada uma. No entanto, penso que não foi bem trabalhado, pois a nível de ritmo, este era muito inconstante. Além disso, os lados negros das duas cidades não foram bem explorados. Foi uma grande desilusão, pois deparei-me com uma descrição suave demais.

Ao contrário daquilo que me disseram, eu gostei do início. Para já, a escrita da autora é bastante fluída e rica, o que torna a história um pouco mais interessante. Além disso, as descrições das duas cidades, Londres e Veneza, são também bastante boas, pois apesar de não descrever até à exaustão, dá nos uma ideia clara do lugar onde nos encontramos.

O grande senão é mesmo o argumento, digamos assim. A autora retardou um final previsível que eu tinha percebido no início, e havia muitas partes sem qualquer interesse para a história. A meu ver, poderia ter explorado muito mais a parte histórica e não se ter deixado ficar pelo romance essencialmente. Este foi um dos aspectos que me levou a ter uma opinião menos agradável sobre este livro, pois estava à espera de uma maior descrição histórica. No entanto, é de referir que é bastante positivo haver uma nota histórica no final, de modo a que uma pessoa fique elucidada sobre a veracidade de alguns aspectos retratados no livro.

Sinceramente, pensei que esta história tinha muito mais potencial do que a autora desenvolveu. Ainda esperei por uma reviravolta, pois me disseram que o livro ia melhorar lá para o final, mas foi muito desmotivante ler o que já tinha percebido 200 páginas atrás...

Penso que escolhi o livro errado de Michelle Lovric e porque realmente gostei da escrita da autora e da (pequena) parte histórica que retratou, dar-lhe-ei mais uma oportunidade e lerei O Carnaval em Veneza.

Classificação: 5/10 - Razoável

7 comentários:

Carla Martins disse...

Nota 5??? Ah, nem vou perder meu tempo, então.

Jojo disse...

Olá!
Têm um selo à vossa espera nos meus Devaneios!

Quanto ao livro, não o conhecia... Mas vou me fiar na tua opinião e acho que não vou perder tempo com ele. O outro que falas, o Carnaval em Veneza já ouvi falar. Talvez o leia...

Bjinhos**

Jacqueline' disse...

Carla, esta é muito a minha opinião pessoal, mas sinceramente, com tantos livros óptimos que por aí andam, este não é certamente dos melhores...

Jojo, muito obrigada :)

La Sorcière disse...

Que pena.....uma nota 5 faz eu descartar qualquer possibilidade de ler. Espero que a próxima leitura compense!
Bj

Laura disse...

Hummm... a nota 5 me desanimou... a capa do livro e a sinopse são tão interessantes! Não conheço a autora, vou pesquisar aqui...

Beijos!

PS: Adorei seu blog!

Jacqueline' disse...

La Sorcière, com Agatha Christie é difícil não compensar ;)

Laura, é verdade. Eu achei a sinopse e a capa muito interessantes, mas desiludiu-me no conteúdo. Já agora, obrigada pelo elogio :)

Débora Lauton disse...

Oi Jacqueline...

Vim agradecer sua visitinha, conhecer seu cantinho e já virei seguidora...
Adorei conhecer suas opiniões... vou linkar seu blog ao meu, ok??

beijos,
Dé...