segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Livros proibidos na VISÃO

Caros leitores, quando num dia de intenso calor, comprei a revista Visão, deparei-me com um conjunto fantástico de seis livros. O que têm estes de especial? São todos eles obras-primas indiscutíveis. São seis livros polémicos, revolucionários, provocadores, subversivos, imorais e muitas coisas mais. Escritos em três séculos diferentes por gente que foi perseguida, censurada e criticada.





Autor (a): Marayat Rollet Andrianne
Pseudónimo: Emmanuelle Arsan
Título: Emmanuelle
Colecção: Livros Proibidos da Visão
1º livro- Pseudónimo de Marayat Rollet Andriane, Emmanuelle Arsan nasceu em Banguecoque, em 1932, e escandalizou a França, no final dos anos 50. A sua heroína é conhecida em todo o mundo e é ela que estreará esta colecção. Emmanuelle, personagem que o cinema atiraria para o estrelato, conta as aventuras de uma mulher que vive a sexualidade sem tabus ou limites.




Autor (a): John Cleland
Título: Fanny Hill
Colecção: Livros Proibidos da Visão
2º livro- Uma semana depois, chega Fanny Hill. Esta é a história do século XVIII, de uma ambiciosa londrina, mestre em todas as formas de amar. Mas pior que revelar as suas inconfessáveis aventuras, foi o autor ter cometido o pecado de acabar a história com o casamento da sua heroína, que "viveu feliz para sempre" à semelhança de qualquer dama burguesa. O atrevimento trouxe a John Cleland um galardão que nunca mais perderá: o de ser o primeiro autor com um romance proibido nos Estados Unidos.

Autor (a): Pauline Reage
Título: A história de O
Colecção: Livros Proibidos da Visão
3º livro- História de O, editada em França, em 1954, escandalizou e marcou a sociedade ocidental da época. Conta as aventuras de uma fotógrafa de moda que vive um quotidiano de escravidão sexual por opção própria, um pretexto para Pauline Reage falar da sexualidade feminina.




Autor (a): Marquis de Sade (Marquês de Sade)
Título: Justine
Colecção: Livros Proibidos da Visão


4º livro- Na quarta semana, regresso aos séculos XVIII/XIX, mas agora com a escrita masculina de Sade. Justine é o nome da protagonista de todas as histórias vividas e sonhadas pelo o marquês - e reza a História que de vistuosas nada tinham. Um livro que lhe custou a prisão, por ordem de Napoleão Bonaparte.





Autor (a): Anais Nin
Título:
Delta de Vénus
Colecção: Livros Proibidos da Visão

5º livro- Anais Nin morreu em 1977. O escândalo que os seus livros provocaram mostra bem que o tempo passa, mas os costumes nem tanto. Os Diários Íntimos, onde conta os seus amores com algumas celebridades de então, como aconteceu com Henry Miller, e com a mulher do escritor, June, consagraram-na definitivamente. Mas é em Delta de Vénus, obra fantástica, que encontramos os melhores retratos de vida "louca" dos anos quarenta. Retratos escandalosamente picantes, com a suave assinatura de uma mulher extremamente sensual.




Autor (a): Wilhelmine Schroeder-Devrient
Título: Memórias de uma cantora Alemã
Colecção: Livros Proibidos
6º livro- E é com outra melhor, e de novo no século XIX, que é encerrada esta série de Livros Proíbidos. A autoria de Memórias de uma cantora Alemã foi segredo durante anos (como podem ver pela capa, o nome do autor aparece como anónimo), mas acabou por ser desvendado. Trata-se de uma autobiografia de aventuras amorosas, da cantora lírica Wilhelmine Schroeder-Devrient, contadas através de cartas dirigidas a um dos mais conceituados médicos de então.

******

Uma colecção a não perder, para os dias quentes de Verão, e que podem adquirir com a Visão. São seis verdadeiras obras-primas. Mas que não fiquem dúvidas nem equívocos entre os leitores mais sensíveis: esta é uma colecção de livros eróticos.

Boas leituras!


9 comentários:

Diana disse...

Li o livro do Marquês de Sade e, confesso, que esperava algo mais chocante, mais "hardcore" lol Se bem que, pelo que já ouvi dizer de pessoas que são fãs dele, esse até é dos mais "suaves"...

La Sorcière disse...

Tenho vonrade de ler desta lista o livro do Marquês de Sade e de Anaïs Nin. Gosto de gente ousada, e de histórias que chocam!
Bj

La Sorcière disse...

Ahhh.vou linkar o blog de vcs, está bem legal!
Bj

Papillon disse...

Olá Diana :D
Sim, confesso que senti o memso que tu, esperava algo mais do que apenas ousado e sensual.
Porém existem outros livros de Sade que são realmente proibidos devido ao elevado erotismo :D
Agora tenta imaginar se para nós por vezes é chocante, agora o que seria na sociadade conservadora do século XVIII.
Muito Obrigada:D

Papillon disse...

Muito Obrigada La Sorcière!

Aline A Batistuti disse...

Olá! Voce tem livros interessantes aqui, concerteza te acompanharei e breve com mais tempo.
Fany Hill é um dos livros da minha lista, so falta encontra-lo primeiro.
até!

Papillon disse...

Olá Aline A Batistuti :D
Muito obrigada.
Fanny Hill é uma óptima escolha.
Excelentes leituras!

Sara Inês disse...

Mas já acabou esta colecção?

(é o que eu digoo, ando com a cabeça no aaar :D)

Anónimo disse...

Li Memórias de Uma Cantora alemã e foi interessante. Algumas partes são um bocado demonstrativas de mais.